Notícias

header background
sudario-610x208
18/09/2014 @ 08:17 by TV Agir

Especialista fala sobre as últimas descobertas científicas sobre o Santo Sudário

Quem é o homem do Sudário? É a pergunta que por anos tem sido feita por cientistas e chamado a atenção de outros especialistas sobre o Santo Sudário de Turim, aquela tela sagrada na qual se assegura foi envolto Jesus Cristo na tumba após sua Crucificação.

Por ocasião da próxima exposição extraordinária do Santo Sudário, que ocorrerá na cidade italiana do dia 19 de abril à 24 de junho em união com as celebrações do Bicentenário do Nascimento de São João Bosco, e que contará com a presença do Santo Padre Francisco, a Rádio Vaticano entrevistou ao professor Giuseppe Baldacchini, especialista no Santo Sudário, que se referiu aos últimos descobrimentos científicos entorno da tela sagrada.

“Os descobrimentos científicos dos últimos dois anos preveem um novo método de datação mecânica do Sudário e o descobrimento de que existe um halo em torno do rosto do Sudário que reabriu o debate sobre a chamada ‘Idade obscura do Santo Sudário’, a saber o período anterior a 1300 durante o qual não se conhece bem os fatos sobre esta imagem”, comentou o especialista ao meio de comunicação vaticano.

De acordo com o Professor Baldacchini há várias hipóteses que avançaram que poderiam explicar o porquê da formação da imagem corpórea, uma delas levantou pelo próprio professor que se refere a uma explosão de energia. “Esta foi a parte que mais me interessou desde o princípio, no sentido que minha preparação como físico me permitiu fazer várias hipóteses sobre a possibilidade que a imagem se deva a uma explosão de energia”.

Comentou que a hipótese foi verificada em um laboratório com o uso de chicotes de laser muito particulares: “Depois de um longo trabalho temos demonstrado que na realidade, em certas condições, esta fonte laser pode produzir as imagens simile-Sudário. É claro que com esta fonte vem simulada uma explosão de luz. Então ficou corroborado com medidas científicas que um relâmpago de luz havia produzido este Sudário”.

O especialista também fez referência a chamada hipótese da aniquilação: “É verdade que a imagem que se observa do Santo Sudário foi criada por um raio breve e intenso de luz, um pode perguntar-se como se fez este flash de luz. Há muitas hipóteses que circulam há muitos anos, mas todas pecam em algum aspecto que não vem ao ponto de vista das leis da física que nós conhecemos. Por isso trouxe esta hipótese de aniquilação (…) que pode explicar que coisa ocorreu sem ir contra as leis da física que se conhecem e respeitando também a história dos fatos que se sabem até o momento”.

Finalmente, para o professor, que também é um homem crente, o mistério do Santo Sudário é “verdadeiramente fascinante”, para ele “todos os sinais presentes na imagem concordam muitíssimo com o que está escrito no Evangelho a respeito da Paixão e Morte de Jesus Cristo”.

O Santo Sudário é uma tela de linho tecida que mede aproximadamente 4.41 x 1.13, na qual está contida uma imagem deitada de um corpo de um homem que morreu após uma série de torturas que culminaram com a crucificação. Dita imagem é possível apreciar-se de maneira mais clara em negativo, a qual convida a contemplar a Jesus, como referiu em uma ocasião o Papa Francisco: “O homem do Sudário nos convida a contemplar Jesus de Nazaré (…) e nos leva a subir o Monte Calvário (…) a submergirmos no silêncio eloquente do amor”.

Por Gaudium Press

Sobre o autor

Posts relacionados

Comentários